Home > Banco de Questões > Química > Química Ambiental

Poluição Ambiental

Lista de 7 exercícios de Quimíca com gabarito sobre o tema Poluição Ambiental com questões do enem e vestibulares.


1. (Enem) Diretores de uma grande indústria siderúrgica, para evitar o desmatamento e adequar a empresa às normas de proteção ambiental, resolveram mudar o combustível dos fornos da indústria. O carvão vegetal foi então substituído pelo carvão mineral. Entretanto, foram observadas alterações ecológicas graves em um riacho das imediações, tais como a morte dos peixes e dos vegetais ribeirinhos. Tal fato pode ser justificado em decorrência

  1. da diminuição de resíduos orgânicos na água do riacho, reduzindo a demanda de oxigênio na água.
  2. do aquecimento da água do riacho devido ao monóxido de carbono liberado na queima do carvão.
  3. da formação de ácido clorídrico no riacho a partir de produtos da combustão na água, diminuindo o pH.
  4. do acúmulo de elementos no riacho, tais como, ferro, derivados do novo combustível utilizado.
  5. da formação de ácido sulfúrico no riacho a partir dos óxidos de enxofre liberados na combustão

2. (ETEs) Estudos realizados em 1995 indicam que 12% dos peixes, de amostra proveniente da região do rio Tapajós, apresentam concentrações de mercúrio superiores ao valor–limite estabelecido pela Organização Mundial de Saúde.

Em comunidades ribeirinhas do Tapajós, pesquisas constataram a presença de mercúrio em níveis elevados, a partir de amostras de cabelo dos habitantes que consomem peixe.

Em Minamata, no Japão, onde também ocorreu esse tipo de contaminação, os estudiosos levantaram cinco estágios desse processo:

I. contaminação ambiental pelo vapor de mercúrio;
II. contaminação do solo;
III. origem de mercúrio orgânico - mercúrio que se incorpora às cadeias carbônicas – formando compostos que se concentram na cadeia alimentar aquática;
IV. acúmulo do mercúrio no organismo humano devido à ingestão de peixes;
V. aparecimento de sinais e sintomas da doença.

p://www.canalciencia.ibict.br/pesquisas/pesquisa.php?ref_pesquisa=168 Acesso em: 10 ago. 2006.

A partir dessas informações, é possível concluir que, na região do rio Tapajós, a contaminação máxima já pode ser verificada por aspectos citados no estágio:

  1. I
  2. II
  3. III
  4. IV
  5. V

3. (Fatec) O biodiesel praticamente não contém enxofre em sua composição. Devido a esse fato, sua combustão apresenta vantagens em relação à do diesel do petróleo, no que diz respeito ao fenômeno

  1. da chuva ácida.
  2. da destruição da camada de ozônio.
  3. do efeito estufa.
  4. da inversão térmica.
  5. do efeito tyndall.

4. (FUVEST) A chamada “química verde” utiliza métodos e técnicas próprios para reduzir a utilização e/ou a geração de substâncias nocivas ao ser humano e ao ambiente. Dela faz parte o desenvolvimento de:

  1. produtos não biodegradáveis e compostos orgânicos persistentes no ambiente para combater pragas.
  2. técnicas de análise para o monitoramento da poluição ambiental e processos catalíticos para reduzir a toxicidade de poluentes atmosféricos.
  3. produtos não biodegradáveis e processos que utilizam derivados do petróleo como matéria-prima.
  4. compostos orgânicos, persistentes no ambiente, para combater pragas, e processos catalíticos a fim de reduzir a toxicidade de poluentes atmosféricos
  5. técnicas de análise para o monitoramento da poluição ambiental e processos que utilizam derivados do petróleo como matéria-prima.

5. (UFPR) “Em seu livro o senhor lança o “paradoxo de Giddens”: uma vez que os perigos do aquecimento global não são visíveis no dia a dia, apesar de parecerem terríveis, as pessoas não irão agir; contudo, esperar até que se tornem visíveis e sérios para então tomar uma atitude será tarde demais.” (Trecho extraído de entrevista de Anthony Giddens, Verde Aguado, Folha de São Paulo, 29 de março de 2009, p. 4 , Caderno Mais!, por Pedro Dias Leite, Londres.)

O problema tratado no texto refere-se à passividade das pessoas frente:

  1. aos gases causadores do aprisionamento da radiação solar na atmosfera terrestre.
  2. aos gases causadores da destruição da camada de ozônio
  3. aos gases causadores da chuva ácida nas grandes cidades.
  4. aos gases responsáveis pelo aumento do nível dos mares e dos rios.
  5. aos gases responsáveis pela diminuição do oxigênio na atmosfera.

6. (Unifesp) Considere as seguintes afirmações com relação a alguns aspectos da Química Ambiental

I. O uso de conversores catalíticos nos veículos automotivos, movidos a gasolina, visa transformar gases nocivos, como os hidrocarbonetos e óxidos de nitrogênio, em outros menos nocivos.
II. O ar dos pântanos é rico em metano, pois o processo fermentativo da celulose na presença de água e ausência de oxigênio produz dióxido de carbono e metano.
III. Uma indústria que purifica a bauxita lança, nos sistemas aquáticos próximos, grande quantidade de um lodo vermelho de características ácidas, constituído principalmente de óxidos e hidróxidos de ferro.

Está correto o que se afirma em

  1. I, apenas.
  2. I e II, apenas.
  3. I e III, apenas.
  4. II e III, apenas
  5. I, II e III

7. (UNESP) Ao iniciar as atividades, um piscicultor mandou analisar a água dos criadouros e o resultado obtido para o teor de oxigênio dissolvido foi de 7 mg/L. Após algum tempo, num período de forte estiagem e muito calor, em um dos tanques ocorreu uma alta mortandade de peixes, onde ele constatou que a concentração do oxigênio dissolvido havia diminuído para 0,8 mg/L e que a água estava contaminada por resíduos provenientes da fossa de uma casa próxima, o que favoreceu uma proliferação de micro-organismos. Para sanar o problema, o piscicultor instalou nos tanques bombas de aeração e um sistema de circulação constituído por tubulações que permitiam que a água fosse submetida a radiação de alta energia (ultravioleta-UV). Com isso o piscicultor conseguiu equilibrar sua produção de peixes no tanque afetado, e verificou que o teor de oxigênio dissolvido na água havia voltado a níveis próximos aos anteriores. Sobre o sucesso das medidas adotadas pode-se afirmar que a

  1. a luz UV agiu sobre o N2 do ar, levando à formação de N2O, responsável pela destruição dos micro-organismos.
  2. a luz UV resfriou a água e favoreceu a solubilidazação do O2, responsável pela destruição dos micro-organismos.
  3. os micro-organismos anaeróbicos, causadores da queda do teor de O2 dissolvido, foram destruídos quando da aeração.
  4. o processo de aeração provocou o crescimento exponencial dos micro-organismos aeróbicos que auxiliam na reposição do O2 no tanque.
  5. houve um aumento do O2 dissolvido na água devido ao processo de aeração e houve redução dos micro-organismos aeróbicos por ação da luz UV.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp



.