Home > Banco de Questões > Geografia > Geografia Humana >

Demografia

Lista de 10 exercícios de Geografia com gabarito sobre o tema Demografia com questões de Vestibulares.




01. (UDESC) No Brasil, aproximadamente 80% da população das favelas concentram-se nas regiões metropolitanas e 70% das moradias são construídas pelos próprios moradores, em regime de mutirão.

Assinale a alternativa que indica a região brasileira que concentra a maior população favelada do país.

  1. Centro-Oeste
  2. Nordeste
  3. Sul
  4. Sudeste
  5. Norte

02. (UDESC) Sobre a população nativa do território brasileiro, no século XVI, assinale a alternativa incorreta.

  1. Quando os portugueses chegaram ao litoral atlântico sul-americano ele já era ocupado por mais de mil povos seminômades que viviam da caça, da pesca, da coleta e da agricultura.
  2. Estudos apontam que os grupos indígenas que habitavam o território, que hoje é o Brasil, quando da chegada dos portugueses, eram passivos e ingênuos, por isso sua dominação e seu controle foi relativamente tranquilo para Portugal.
  3. Estudos apontam que os tupi-guaranis são originários da região amazônica, mas o crescimento da população e as mudanças ambientais, dentre outros motivos, forçaramnos a abandonar suas terras e partir em direção ao litoral.
  4. Quando os portugueses chegaram ao território, que hoje é o Brasil, os tupis ocupavam quase toda a faixa costeira entre os atuais estados do Ceará e São Paulo, enquanto que os guaranis localizavam-se mais ao Sul.
  5. Os tupis do litoral foram os primeiros povos nativos a tomar contato com os europeus. Formavam o grupo mais numeroso, por isso, muitas vezes, a imagem do tupi é confundida como se representasse todos os indígenas do território brasileiro.

03. (UEM) “Diferentemente de outras populações no mundo, que em sua grande maioria estão com baixos níveis de fecundidade (ou baixando) e baixos níveis de mortalidade (ou baixando), ou seja, passando pela chamada transição demográfica, os povos indígenas na América Latina, ao contrário, se encontram num processo de crescimento populacional. Assim sendo, os altos níveis de fecundidade desses povos estão sendo mantidos, nos últimos dez anos pelo menos, e a taxa de crescimento anual está sendo estimada, de uma maneira geral, em 3% ao ano. Isto indica que esses povos estão com uma dinâmica demográfica completamente distinta daquela observada na maioria dos países do mundo, não só da América Latina.” (AZEVEDO, M. M., p. 55, 2008). “A demografia – ou Geografia da População – é a área da ciência que se preocupa em estudar as dinâmicas e os processos populacionais.”(MUNDO EDUCAÇÃO, 2017)

Sobre demografia, leia as assertivas a seguir.

I. Densidade demográfica – taxa que mede o número de pessoas em determinado espaço, geralmente medida em habitantes por quilômetro quadrado (hab/km²).

II. Crescimento populacional ou demográfico – taxa de crescimento populacional calculada a partir da soma entre o crescimento natural e o crescimento migratório.

III. Taxa de natalidade – número de óbitos que acontecem em uma determinada área.

IV. Taxa de fecundidade – número de nascimentos bem sucedidos menos o número de óbitos em nascimentos.

Assinale a alternativa que aponta as assertivas corretas.

  1. Apenas I e IV.
  2. Apenas I, II e III.
  3. Apenas II, III e IV.
  4. Apenas I, II e IV.
  5. Apenas I e II.

04. (UFU)

A charge acima faz uma analogia entre o trabalho escravo no século XVIII e o tarbalho do cortador de cana no século XXI, indicando que

  1. a relação de trabalho continua sendo escrava, pois o salário recebido nos dias atuais não é suficiente para atender as necessidades básicas do trabalhador rural, como ocorria no século XVIII.
  2. apesar de terem se alterado as relações de trabalho, ainda persiste a manutenção da situação de exploração do trabalhador rural.
  3. não houve um processo de modernização da colheita da cana de açúcar, pois, nos dias atuais, a tarefa é realizada da mesma forma com que era realizada no século XVIII.
  4. mesmo após a abolição da escravatura, os descendentes de escravos continuam realizando as mesmas tarefas, sendo hoje, denominados de boias-frias.

05. (UFU) O intenso processo de imigração no Brasil, principalmente entre a segunda metade do século XIX e primeiras décadas do século XX, deixou fortes marcas de mestiçagem e hibridismo cultural, constituindo um importante fator na demografia, cultura, economia e educação deste país.

Fonte: <https://centraldefavoritos.wordpress.com/2014/04/14/politicas-de-colonizacao-migracao-imigracao-e-emigracao-no-brasil-nos-seculos-xix-e-xx/> Acesso em: 25 de fev.2015.

O processo de imigração retratado teve como principal atrativo a

  1. necessidade de mão de obra na atividade mineradora.
  2. oferta de postos de trabalho nas lavouras.
  3. facilidade de ocupação de terras devolutas da União.
  4. abertura de vagas para trabalho no setor de comércio e serviços.

06. (UDESC) O censo de 2010 revelou dados importantes sobre a população brasileira.

Dentre estas informações é correto afirmar, exceto:

  1. A região Sudeste continua sendo a região mais populosa do Brasil.
  2. São Paulo é o estado mais populoso.
  3. O estado menos populoso é Roraima.
  4. Os três municípios mais populosos são São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.
  5. A população masculina ultrapassou a feminina no país, sendo Florianópolis a cidade que possui o maior percentual de homens do país.

07. (ESPM) Sobre a demografia brasileira:

  1. O crescimento vegetativo se elevou substancialmente na metade do século XX devido, entre outros fatores, à brusca queda da mortalidade.
  2. A taxa de reposição vem aumentando gradualmente nos últimos anos e isto está diretamente ligado à taxa de fecundidade.
  3. As taxas de natalidade e mortalidade, historicamente, caíram na mesma proporção e de modo concomitante.
  4. O estreitamento do topo da pirâmide etária verificado nos últimos anos está diretamente ligado ao envelhecimento brasileiro.
  5. A entrada da mulher no mercado de trabalho explica a queda da mortalidade verificada nos últimos anos.

08. (UEFS) Os conhecimentos sobre o Nordeste brasileiro permitem afirmar:

  1. O quadro natural é o traço marcante do complexo nordestino, devido à homogeneidade, em toda sua extensão, dos elementos que constituem a paisagem.
  2. As mais baixas densidades demográficas do país são registradas nessa região, em razão da sazonalidade dos movimentos migratórios, principalmente na área de transição entre o litoral e o sertão.
  3. O clima semiárido e a vegetação decídua e xerófila se estendem por uma estreita faixa, que vai desde a porção oriental do Rio Grande do Norte até o extremo sul da Bahia.
  4. A agricultura irrigada, voltada para a fruticultura, apresenta expressivo crescimento no Sertão nordestino.
  5. O meio norte continua sendo a sub-região mais importante do espaço socioeconômico, dentre outros fatores, devido à localização próxima aos principais centros urbanos e industriais.

09. (ACAFE) “Conforme o Censo 2010 divulgado na tarde desta segunda-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Santa Catarina ocupa a 11ª posição no ranking dos estados em relação ao número de habitantes. A população do Estado é de 6.249.682 pessoas”.

Fonte: http://www.emvideira.com.br/noticias/noticia.aspx?id=6651c474- 428e-46dd-a107-e8cfc0a2a6fa

Sobre a demografia catarinense é correto afirmar, exceto:

  1. Na região Sul, Santa Catarina apresentou maior crescimento percentual da população do que os estados do Paraná e do Rio Grande do Sul.
  2. A população urbana predomina sobre a rural; as mulheres são maioria e estamos diante do processo de litoralização da população catarinense.
  3. As 10 cidades que mais cresceram percentualmente localizam-se no Litoral, com destaque para Itapema e São João Batista.
  4. A Grande Florianópolis, que apresenta três das doze cidades catarinenses com mais de 100.000 habitantes (Florianópolis, São José e Palhoça), é a região mais populosa do estado, enquanto que a do Norte, mesmo com Joinville, é a menos populosa.

10. (UFPA)

Com base na leitura e interpretação das três pirâmides etárias (1980, 2000 e 2010) da população brasileira e nos seus conhecimentos sobre demografia, podemos concluir que:

  1. Demonstram um claro perfil de uma “transição demográfica”: em 1980, o Brasil era um país tipicamente jovem; em 2000, vivíamos numa transição etária; já em 2010, atingimos um perfil de um país maduro na estrutura etária.
  2. Demonstram um claro perfil de uma “consolidação demográfica”: em 1980, o Brasil era um país tipicamente jovem; em 2000, tivemos uma transformação etária; já em 2010, atingimos um perfil de um país idoso na estrutura etária.
  3. Demonstram um claro perfil de uma “transição demográfica”: em 1980, o Brasil era um país tipicamente maduro; em 2000, já vivíamos numa expansão etária; já em 2010, atingimos um perfil de um país idoso na estrutura etária.
  4. Demonstram um claro perfil de uma “explosão demográfica”: em 1980, o Brasil era um país exclusivamente jovem; em 2000, repetimos a mesma estrutura etária; já em 2010, atingimos um perfil de um país maduro na estrutura etária.
  5. Demonstram um claro perfil de um “amadurecimento demográfico”: em 1980, o Brasil era um país tipicamente maduro; em 2000 já vivíamos numa transição etária; já em 2010, atingimos um perfil de um país idoso na estrutura etária.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp



.