Home > Banco de Questões > Geografia > Geografia Física >

Meio Ambiente

Lista de 20 exercícios de Geografia com gabarito sobre o tema Meio Ambiente com questões de Vestibulares.




01. (UDESC) Analise as seguintes proposições a respeito dos biomas brasileiros.

I. A floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo, com árvores de grande porte, cipós e epífitas.

II. A mata Atlântica é uma floresta tropical situada ao longo da costa brasileira. É rica em espécies animais e vegetais e encontra-se em alto grau de conservação.

III. A caatinga é uma região de clima semiárido, no Nordeste, com xerófitas (cactáceas), sendo a desertificação a principal ameaça a esse ecossistema.

IV. O cerrado, no Brasil central, é um campo com árvores esparsas, de caules tortuosos e raízes profundas.

V. Os pampas, no Rio Grande do Sul, possuem a vegetação dominante de babaçu, carnaúba e buriti.

Assinale a alternativa correta

  1. Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.
  2. Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.
  3. Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.
  4. Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras
  5. Somente a afirmativa II é verdadeira.

02. (UFVJM) A redução da vegetação e da capacidade produtiva do solo caracteriza o fenômeno da desertificação. O seu desenvolvimento é mais propício em regiões áridas, semiáridas e subúmidas, podendo ser desencadeado por fatores naturais (variações climáticas) ou pela ação humana. Os intensos desmatamentos, mineração, expansão da agropecuária, irrigação mal planejada, entre outros,(...) levam à redução da cobertura vegetal, surgimento de terrenos arenosos e perda de água do subsolo.

Fonte: Adaptado de http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/desertificacao.htm

No Brasil, são áreas conhecidas do avanço da desertificação:

  1. Os cerrados típicos e o pantanal.
  2. O sertão nordestino e os pampas gaúchos.
  3. As Regiões de altitude maior que 1500 metros.
  4. A Amazônia e as áreas litorâneas de mata atlântica.

03. (UPE) Leia o texto a seguir:

A Mata Atlântica possui uma das maiores biodiversidades do mundo, com cerca de 20 mil espécies de plantas e 2.190 espécies de vertebrados. Uma rica fauna associada em diferentes formações florestais, de Matas Densas (úmidas e quentes no Nordeste do Brasil) a Campos de Altitude (úmidas e frias, no Sudeste do Brasil). A paisagem no Sul outrora foi dominada por imensas Florestas de Araucárias, resistentes ao frio mais intenso dos invernos. Gralhas nidificavam nos galhos das árvores e se alimentavam das suas sementes, conhecidas como pinhão, ajudando, também, a dispersá-las no solo. Ambas as espécies estão ameaçadas de extinção. Na época do descobrimento, a Mata Atlântica abrangia uma área equivalente a 1.315.460 km2, estendendo-se ao longo de 17 Estados, do Rio Grande do Sul ao Piauí, atingindo uma boa porção do Sudeste e estados do Centro-Oeste, como Goiás e Mato Grosso do Sul. Hoje, restam apenas 12,4% da floresta que existia originalmente.

Fonte: Compilação

No texto, os conceitos Bioma, Ecossistema, Comunidade e População estão relacionados, respectivamente, com

  1. Mata Atlântica; Florestas de Araucária; Gralhas; Campo de Altitude.
  2. Paisagem; Mata Atlântica; Gralhas; Matas Densas.
  3. Matas Densas; Mata Atlântica; Florestas de Araucária; Campos de Altitude.
  4. Mata Atlântica; Campos de Altitude; Florestas de Araucária; Gralhas.
  5. Paisagem; Florestas de Araucária; Mata Atlântica; Matas Densas.

04. (UFN) A Campanha da Fraternidade 2017, com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, convida os brasileiros a cuidarem de cada bem da natureza e a evitarem o desperdício, principalmente da água.

Com base nessa informação, assinale a alternativa que apresenta corretamente o bioma brasileiro e suas características.

  1. O cerrado é uma savana tropical de formações vegetais esparsas e aciculifoliadas com densa biodiversidade.
  2. A mata de araucárias é uma floresta decídua caducifólia e adaptada às temperaturas mais baixas, ocasionadas pela altitude do relevo.
  3. A caatinga abrange parte do Nordeste e é composta de plantas xerófilas como as cactáceas, adaptadas à escassez de água nos longos períodos de estiagem.
  4. A Mata Atlântica caracteriza-se pelo domínio de pequenas árvores caducifólias e arbustos com galhos retorcidos, adaptados ao clima tropical no litoral brasileiro.
  5. A Floresta Amazônica, latifoliada, heterogênea e densa, desenvolve-se em solos férteis e em clima com alta amplitude térmica.

05. (UDESC) Observe o mapa a seguir:

Os biomas representados no mapa, na sequência numérica crescente, são:

  1. Amazônia, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa
  2. Caatinga, Mata Atlântica, Amazônia, Pampa, Cerrado e Pantanal
  3. Cerrado, Caatinga, Amazônia, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa
  4. Cerrado, Caatinga, Amazônia, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal
  5. Caatinga, Cerrado, Amazônia, Pantanal, Mata Atlântica e Pampa

06. (UEA) A Floresta Amazônica é subdividida em três tipos de matas: a Mata de Igapó, a Mata de Várzea e a Mata de Caaetê. É correto afirmar que

  1. a Mata de Caaetê está presente em áreas que sofrem inundações periódicas.
  2. a Mata de Várzea apresenta vegetação rasteira adaptada à seca constante.
  3. a Mata de Igapó está presente em áreas permanentemente alagadas.
  4. a Mata de Igapó está presente em áreas que não sofrem com enchentes dos rios.
  5. a Mata de Várzea abriga a vegetação de maior porte encontrada na floresta.

07. (UFMS) “Caracteriza-se pela presença de árvores baixas, inclinadas, tortuosas, com ramificações irregulares e retorcidas, e geralmente com evidências de queimadas. Os arbustos e subarbustos encontram-se espalhados, com algumas espécies apresentando órgãos subterrâneos perenes, que permitem a rebrota após queima ou corte.”

ICMBio. Disponível em: http://www.icmbio.gov.br. Texto adaptado.

O texto refere-se ao bioma:

  1. Caatinga.
  2. Pantanal.
  3. Mata Atlântica.
  4. Cerrado.
  5. Pampa.

08. (UFT) Considerando características climáticas, botânicas, hidrológicas, fitogeográficas e relativas ao solo, o geógrafo Aziz Ab’Sáber reconheceu a existência de seis grandes domínios morfoclimáticos em nosso país, cada um deles com diversos biomas.

O bioma com presença de árvores com troncos retorcidos e casca grossa, além de características ambientais semelhantes à savana, é o (a):

  1. pampa
  2. floresta de araucárias
  3. pradaria
  4. cerrado
  5. floresta de arbustos

09. (UEFS) Climaticamente seu domínio – em sua área nuclear – comporta de cinco a seis meses secos, opondo-se a seis ou sete meses relativamente chuvosos. As temperaturas médias anuais variam de amplitude, de um mínimo de 20 a 22°C até um máximo de 24 a 26°C, levando-se em conta o espaço total desde o sul de Mato Grosso até o Maranhão-Piauí. Nenhum mês possui temperatura média inferior a 18°C (Nimer, 1977). Entretanto, a umidade do ar atinge níveis muito baixos no inverno seco (38 a 40%) e níveis muito elevados no verão chuvoso (95 a 97%). Tal fato acentua a sazonalidade que tem sido vista, sobretudo, em termos de alternância de estações chuvosas com estações secas.

(AB´ SÁBER, 2003, p. 120).

Com base nos conhecimentos sobre a vegetação brasileira, pode-se afirmar que o texto se refere ao domínio

  1. da Caatinga.
  2. dos Cerrados.
  3. da Mata Atlântica.
  4. da Mata de Araucárias.
  5. da Floresta Amazônica.

10. (FUVEST) O desmatamento atual na Amazônia cresceu em relação a 2015. Metade da área devastada fica no estado do Pará, atingindo áreas privadas ou de posse, sendo ainda registrados focos em unidades de conservação, assentamentos de reforma agrária e terras indígenas.

Imazon. Boletim do desmatamento da Amazônia Legal, 2016. Adaptado.

Tal situação coloca em risco o compromisso firmado pelo Brasil na 21ª Conferência das Nações Unidas sobreMudança Climática (COP 21), ocorrida em 2015. O desmatamento na Amazônia tem raízes históricas ligadas a processos que ocorrem desde 1970.

Com base nos dados e em seus conhecimentos, aponte a afirmação correta.

  1. O desmatamento, apesar de atingir áreas de unidades de conservação, que incluem florestas, parques nacionais e terras indígenas, viabiliza a ampliação do número de assentamentos da reforma agrária.
  2. As grandes obras privadas implantadas na Amazônia valorizam as terras, atraindo enorme contingente populacional, que por sua vez origina regiões metropolitanas que degradam a floresta.
  3. A grilagem de terras em regiões de grandes projetos de infraestrutura, a extração ilegal de madeira e a construção de rodovias estão entre as causas do desmatamento na Amazônia.
  4. A extração ilegal de madeira na Amazônia vem sendo monitorada por países estrangeiros devido às exigências na COP 21, pois eles são os maiores beneficiários dos acordos da Conferência.
  5. Os grandes projetos de infraestrutura causam degradação da floresta amazônica, com intensidade moderada e temporária, auxiliando a regularização fundiária.

11. (UEFS) É, fisionomicamente, muito semelhantes às savanas africanas, sendo o bioma que apresenta a fauna de maior porte do Brasil. Ocupava cerca de 22% do território nacional, sendo representado em quase todas as regiões do país, abrangendo grandes partes dos Estados centrais e pequenas porções e manchas em outras unidades políticas.

O texto descreve o bioma

  1. da Caatinga.
  2. do Cerrado.
  3. das formações campestres.
  4. da floresta latifoliada tropical.
  5. da Mata de Araucária.

12. (UECE) “O bioma Caatinga poderá passar por graves transformações que irão influenciar diretamente na agricultura e no abastecimento de água (...)”; “Nosso objetivo é conseguir um compromisso político e social para a proteção da Caatinga antes que o pior aconteça (...)”; “A Caatinga é um dos biomas brasileiros mais ameaçados pelo uso intempestivo dos recursos naturais (...)”; “As maiores extensões de áreas em processo de desertificação no Brasil, com perda gradual de fertilidade do solo, estão localizadas no Semiárido, local onde se encontra o bioma, resultado da combinação do cultivo inadequado da terra às variações climáticas.”

(Conferencistas da Rio +20, 2012).

Sobre a caatinga, pode-se afirmar corretamente que é

  1. uma área em estado quase nativo, que tem sofrido pouca intervenção antrópica.
  2. um bioma que se concentra apenas na região Nordeste do Brasil, com grande diversidade vegetal.
  3. uma área caracterizada principalmente pela predominância de espécies vegetais adaptadas ao estresse hídrico.
  4. um bioma que se concentra parcialmente no Nordeste brasileiro, podendo ser identificada por possuir plantas em sua maioria halófitas.

13. (PUC-SP) O Relatório da World Wild Foundation, denominado A soja e o Cerrado: a joia esquecida do Brasil, lançado em 2011, ressalta o considerável aumento mundial do uso da soja e os impactos que essa cultura tem trazido para o ambiente em determinados pontos do planeta.

No Brasil, com relação a essa cultura praticada no Cerrado, qual das alternativas abaixo contém apenas afirmações corretas:

I- A partir da década de 1970, a extensa área que compõe o Cerrado começou a ser desmatada e preparada para o desenvolvimento da atividade agropecuária. A expansão da fronteira agrícola é uma das principais causas da degradação ambiental nessa área.

II- Podem ser citados como impactos ambientais advindos da cultura da soja no cerrado: contaminação por agrotóxicos nas águas, alimentos e animais, erosão e risco à sobrevivência de espécies animais e vegetais em função da perda de habitat.

III – O processo de modernização da agricultura no Brasil aconteceu somente no Cerrado, o que mostra que a introdução da monocultura da soja em outros biomas seria uma escolha acertada do ponto de vista econômico e ambiental.

  1. Estão corretas as alternativas I e III.
  2. Estão corretas as alternativas II e III.
  3. Estão corretas as alternativas I e II.
  4. Estão corretas as alternativas I, II e III.

14. (UEA) Foi uma região sujeita a forte degradação da vegetação e dos solos nas áreas de “brejos” de encostas e de cimeiras onduladas, com acelerada e contínua diminuição de seu rendimento agrário. Apresenta eventuais casos de desertificação antrópica em alguns setores de colinas sertanejas. Tem havido também aumento da pedregosidade do solo.

(Aziz Ab’Sáber. Os domínios de natureza no Brasil, 2003. Adaptado.)

O excerto apresenta as principais características que definem o domínio

  1. das terras baixas florestadas da Amazônia.
  2. dos planaltos das araucárias do Paraná.
  3. das depressões interplanálticas do Nordeste.
  4. dos mares de morros florestados do Sudeste.
  5. das pradarias mistas do Rio Grande do Sul.

15. (UNESP) Mata de terra firme, mata de várzea e igapó são formações vegetais típicas deste bioma. Em razão do processo de uso e ocupação do território brasileiro e das ações dirigidas à preservação dos recursos naturais realizadas nas últimas décadas, este bioma constitui-se também naquele que guarda as maiores extensões de floresta nativa no Brasil, ainda que seu desmatamento não tenha sido completamente cessado.

O texto refere-se ao bioma

  1. Cerrado.
  2. Mata Atlântica.
  3. Pampa.
  4. Caatinga.
  5. Amazônico.

16. (UDESC) Associe as sub-regiões do Nordeste brasileiro com as devidas características.

1 – Zona da Mata ( ) Observa-se a presença da mata de cocais e atividades de extrativismo vegetal.

2 – Agreste ( ) É uma zona de transição entre as áreas vizinhas, onde a principal atividade econômica é a pecuária extensiva.

3 – Sertão ( ) É dominada pelo clima semi-árido, onde se pratica a pecuária e cultivos irrigados.

4 – Meio-Norte ( ) Há predomínio do cultivo de cana-de-açúcar e estrutura fundiária com predominância de latifúndios.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

  1. 3 – 4 – 2 – 1
  2. 2 – 3 – 1 – 4
  3. 1 – 3 – 4 – 2
  4. 2 – 4 – 1 – 3
  5. 4 – 2 – 3 – 1

17. (UFRGS) Leia o segmento abaixo.

A floresta precisa ter valor em pé. Este era o mantra da geógrafa política Bertha Becker, que faleceu no último dia 13, sábado, aos 83 anos, deixando um legado de quase meio século de estudos sobre a Amazônia. Para Bertha, era preciso pensar o desenvolvimento da floresta, não apenas sua preservação; dar motivos para aqueles que enriquecem, ou simplesmente tiram seu sustento da mata, quererem preservá-la.

Adaptado de: <http: //oglobo.globo.com/amanha/ bertha-becker-deixa-legado-sobre-desenvolvimentoda- amazonia-em-pe-9140213#ixzz2fH7OcZhU>. Acesso em: 18 set. 2013.

Sobre o desenvolvimento econômico da Amazônia, assinale a alternativa correta.

  1. O potencial dos cursos fluviais nunca foi aproveitado como recurso energético, devido ao relevo extremamente plano da região.
  2. A inexistência de institutos de pesquisa na região comprometeu a exploração de seus recursos minerais.
  3. As atividades econômicas desenvolveramse sem impactos significativos ao ambiente, uma vez que a floresta Amazônica ainda é bastante extensa, cobrindo pouco menos que a metade do território brasileiro.
  4. A integração da Amazônia à economia nacional baseou-se nas atividades agrícolas e minerais que promoveram o desenvolvimento sustentável da região.
  5. A Amazônia tem uma contribuição significativa nas atividades de extração e transformação mineral, porém essas atividades têm desterritorializado as populações tradicionais e degradado o ambiente.

18. (UEA) Os solos são formados por materiais minerais e orgânicos, com interação entre clima, relevo, organismos, rocha matriz e ação do tempo.

Especificamente para a Amazônia, é correto afirmar que os solos são

  1. rasos e bem drenados, resultado de sedimentação que não permite o acúmulo de matéria orgânica no solo.
  2. pobres em nutrientes, sendo a exuberância de sua vegetação relacionada à elevada luminosidade, temperatura, umidade e biomassa.
  3. profundos e férteis, associados a verões quentes e chuvosos que promovem a lixiviação dos elementos químicos.
  4. rasos e com muitos minerais primários, decorrentes da deficiência na precipitação, que contribui para o pequeno aporte de restos vegetais no solo.
  5. ricos em matéria orgânica, propiciados pela temperatura amena que dificulta a decomposição dos restos vegetais por reduzir a atividade dos micro-organismos.

19. (UEM) “O Brasil, por suas dimensões continentais, possui uma ampla diversificação climática, influenciada por sua extensão costeira, seu relevo e a dinâmica das massas de ar sobre o território. As massas de ar atuam sobre as temperaturas e os índices pluviométricos nas diferentes regiões do país. As que mais interferem no Brasil (IBGE) são a Equatorial Continental e Atlântica; a Tropical, também Continental e Atlântica; e a Polar Atlântica. [...] A variedade de paisagens vegetais do Brasil acompanha a diversidade de climas, que proporcionam a temperatura, a luminosidade e a umidade adequada para o desenvolvimento de determinados tipos de cobertura vegetal”.

(FARIA, M. V. C. Dinâmica climática e vegetação no Brasil. Disponível em:. Acesso: 17 jul. 2017)

Considerando os biomas do Brasil, assinale a alternativa que apresenta um bioma encontrado exclusivamente no espaço geográfico brasileiro.

  1. Caatinga
  2. Tundra
  3. Deserto
  4. Savana
  5. Taiga

20. (UECE) No sítio urbano de Fortaleza, as áreas mais estáveis e que não apresentam maiores problemas de expansão urbana correspondem aos sistemas ambientais de

  1. planícies fluviomarinhas.
  2. planícies fluviais revestidas por matas ciliares.
  3. campos de dunas.
  4. tabuleiros da Formação Barreiras.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp